Novembro, 1995
Coração é terra que ninguém manda.
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios PerfilPerfil ContatoContato
Textos

Sendo eu, passarinho!
Mesmo sendo eu, passarinho
Que ama voar no mundo a fora,
Você me ama e me solta por aí.
Você tem medo, eu sei
Mas no fundo você sabe,
Eu sempre volto pra você.
Teu és meu lar, amor.
Meu cantinho bom de ficar,
E sempre vai ser.
Intensidades
Enviado por Intensidades em 27/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários