Novembro, 1995
Coração é terra que ninguém manda.
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios PerfilPerfil ContatoContato
Textos

Ai de mim, amor!
Ai de mim,
Pode eternizar teus beijos em mim.
Estar contigo até depois do fim.

Ai de mim,
Estar em breve nos teus braços
E me perder em seus beijos.

Ai de mim, amor...

Nem que seja por instantes
Ou em uma longa noite
Ser tua fonte de desejo.
Intensidades
Enviado por Intensidades em 07/07/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários