Novembro, 1995
Coração é terra que ninguém manda.
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios PerfilPerfil ContatoContato
Textos

Índia
 
Ah, esse teu doce sorriso
Não tem com não se encantar
Tua cor, tua boca, teu olhar
Fazem qualquer um delirar

Quisera eu, agora
Viajar para teu habitat
E ao teu lado
Essa noite poder ficar

Quando me olhas
Consegues ver a minha essência
Como ninguém antes pode notar
(Um dom para se ressaltar)

Foi maravilhoso nessa vida te encontrar
E espero, nunca mais te deixar
És tu, índia morena e bela
Chefe, donzela, matriarca do teu lugar

E sou eu, poeta
Fazendo meus versos te eternizar
Para que mesmo na distância
Ao seu lado eu possa estar.

Meu gostar é sincero
Te sinto sempre perto
Índia você é de certo
Meu poema mais belo.


 
 
Inspirado na canção Índia (originalmente paraguaia) dos compositores: José Asunción Flor / Jose Fortuna / Manuel Ortiz - 1952) interpretada pela dupla sertaneja Cascatinha e Inhana e regravada por Roberto Carlos.
Intensidades
Enviado por Intensidades em 28/03/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários